IPCI - Instituto Profissional de Comunicação e Imagem

Webmail | Mapa | Contacto

IPCI - Instituto Profissional de Comunicação e Imagem

  • LADO4
  • LADO5
  • LADO2
  • LADO6
  • LADO3
  • LADO7
  • LADO1
1 2 3 4 5 6 7

Ir para Conteúdo
Caracterização do Projecto Educativo

O projecto educativo duma escola desta natureza baseia-se essencialmente na seguinte triangulação:

  • Escola
  • Aluno (e sua família)
  • Empresariado

Aluno dirige-se à Escola para obter um determinado grau de qualificação (normalmente ainda de natureza e contornos imprecisos) e o empresário com quem mantém relações de Cooperação, no sentido de conhecer as necessidades de formação da sua área de actividade, de forma a poder desenhar-se o perfil actualizado do diplomado naquela área profissional, adequando conteúdos programáticos e até equipamentos. Esta “prospecção de empresários” permite recrutar formadores para a área técnica e angariar estágios, numa excelente relação quantidade/qualidade, já que o empresário, participando de todo o processo, acompanha e orienta a inserção do formando em contexto de trabalho.

Mecanismos para o Sucesso Escolar de uma Escola desta natureza

  • Criar expectativas, propor objectivos, desenhar “cenários profissionais”
  • Bom clima de Escola
  • Autonomia e responsabilidade (alunos e professores)
  • Plano Anual de Actividades que contempla sempre projectos muito diversificados, contribuindo para uma   dinâmica de Escola muito intensa.

Ao aluno, nesta escola oferece a qualificação que o mercado necessita, mesmo que ainda o não exija, pois o que determina a excelência na formação, não é saber responder as necessidades de hoje, é a antevisão do que fará a diferença amanhã. Ao empresário a Escola fornece o fórum profissional, capaz de novas ideias, munido de conhecimentos conducentes a criar soluções e a fabricar resultados. O empresário, em contrapartida, colabora com a Escola, contribuindo para a formação profissional de jovens que virão a enriquecer os seus recursos humanos com a adequada qualificação inicial, participando no desenvolvimento curricular de formação ligado à sua actividade empresarial. Em resumo competirá ao Empresário ser o elemento promotor de acções de ligação entre a Comunidade e a Escola.